TICs em Educação ticseducacao@identi.ca

Rio de Janeiro, Brazil

TICs em Contextos Educacionais. Seguindo conversas e não pessoas! ICT in Education. Follow conversation, not people! http://goo.gl/uOlWE

  • 2015-04-25T16:46:08Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Vídeo censurado nos EUA, Bilionário conta o que ricos não querem que você saíba Vídeo censurado nos EUA, Bilionário conta o que ricos não querem que você saíba


    Um dos homens mais ricos do mundo, Nick Hanauer disse em uma conferência o que os ricos não querem que você saiba

  • #Greve Professores de SP

    2015-04-24T21:03:28Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Um relato do como o desgoverno @geraldoalckmin_ tem tratado a #Educação e os #Professores em SP: http://psfl.in/1jz
  • #Moto360

    2015-04-23T18:54:38Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Meus top 5 aplicativos no #Moto360 http://psfl.in/1jy
  • Zumbis

    2015-04-23T03:20:52Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

  • #Vá em frente Ruja!

    2015-04-22T12:32:57Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Dicas valiosas para recuperamos nossa saúde #primal http://psfl.in/1jx #saúde #estilodevida
  • About Net connection in Red Matrix

    2015-04-21T19:41:05Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    dissonance between social reality, and social networking paradigms @Channel One+ As I delve deeper into the implementation details of some of the lesser-explored @Use Cases+ of the red#, something is starting to become obvious. I'm talking about: "Connections". The existing paradigm, from which red# diverges, but I'm about to argue, not quite enough, is that a person has "followers", or "friends", or "favorites". Red# understands that this is not how the world works, but it misses one key thing: permenance/temporality.

    Example: WidgetCo posts a job listing on the matrix. Alice would like to apply for that job, and since she's not a weirdo, dozens of others. Realisticly, she only expects that a small portion of the jobs she applies to will want to interview her (set appointments), and of those that interview her, only one is going to ultimately have a more than fleeting connection with her. Should all of those be considered "connections"? treated the same as friends, feeds, and blogs she's following, and everything else? Choosing from the same set of permissions, all sharing the same idea of permenance? But if she wants to submit a resume by private message, she has to connect. If she wants to share calendaring, she has to connect. More importantly, when she no longer wants to have anything to do with them (she's done her job search), she has to go about disconnecting all of them. Also, simply being connected implies that they are allowed a certain de minimus access to her and her postings, which she may not even want.

    Example 2: Super Fun Zone Corporation is running a promotion on the matrix. Bob would like to participate in the promotion. Agreeing to participation in a promotion in no way implies anything more than a fleeting connection in the real world, but in the social networking world, it's highly invasive (by design, social network companies are advertising companies, remember?). Bob should be able to make it a one-way relationship with that company. It should also easily terminate after a time, without having to think about it. This should not preclude connection-required activities however. Again, sending and receiving private messages for starters, but as more Zot applications unfold, it will get much much much more complicated than that.

    I'm not exactly sure what the solution is. I don't even know if it really goes much deeper than having a robust user interface that hides all of the complexities. I feel as though that's a cop-out though. A band-aid. The fact of the matter is, the only reason we presume a "connection" is anything more than a one-off key-exchange is because the existing social networks are all based around staying connected to people you knew a billion years ago, and allowing companies to harvest all of your friends. But we're red#. We don't have to do as they do.

    #foodforthought

  • Software Livre e Educação

    2015-04-15T17:03:38Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Introdução Tive o prazer de participar de um painel no Erbase 2015 sobre Software Livre e Educação com os Professores Maria Helena Bonilla e Nelson Pretto moderado pelo Prof. Romilson Sampaio:

    "O software livre tem um papel muito importante na educação por permitir que a informação possa ser disseminada com maior facilidade e menor custo. A partir disso buscar-se-á discutir nesse painel: as dimensões conceituais, políticas e culturais do software livre e das licenças abertas; As políticas públicas para inserção do software livre nas escolas públicas brasileiras; e os aspectos práticos que facilitam o trabalho do professor/aluno sob a perspectiva do uso de software livre."

    O Prof. Nelson Pretto abordou as dimensões conceituais, políticas e culturais do Software Livre na Educação. A Profa. Maria Helena Bonilla abordou as políticas públicas de inserção dos Softwares Livres nas Escolas e eu pontuei a dimensão prática da adoção dos Softwares Livres como facilitadores para o uso efetivo das tecnologias de informação e comunicação na sala de aula do "Professor Real", independente de equipes de TI (existentes e/ou conscientes da importância da liberdade para o conhecimento!).

    Abaixo eu coloco o texto básico no qual se baseou minha fala (~ 15 minutos)!

    Por que o Software Livre, também, facilita a adoção de TI nas Escolas

    Aqui o áudio desta parte em OGG e aqui o áudio em MP3.

    11 em cada 10 especialistas/curiosos/acadêmicos/alunos/professores/ e até torcedores do Fluminense de Feira de Santana apontam que a Escola precisa mudar e que, essa mudança, passa também por uma maior adoção dos recursos de TI nas nossas salas de aula. Se levarmos em conta os aspectos éticos, políticos e filosóficos abordados (ou que serão abordados) pelos Prof. Nelson Pretto e Profa. Maria Helena Bonilla veremos que o modo mais prático de efetivá-los é usar um software que permita:
    Adoção independente do hardware da Escola/Aluno/Professor;
    Adoção menos dependente do conhecimento prévio de tecnologia dos usuários (o suporte das comunidades de software livre é incomensuravelmente melhor e mais rápido do que de muitos softwares proprietários!);
    Maior potencial de reprodutibilidade/remixagem/evolução do uso em contextos educacionais;
    Melhor custo/efetividade;
    Melhor Robustez Técnica (TM @aracnus) - Robustez contra falhas e segurança aprimorada, inclusive contra vírus.
    etc...

    A diferença entre um software que será instalado e usado e um que será instalado e abandonado dependem, em qualquer lugar e também na Escola, do modo como ele é implementado, usado e compartilhado.

    Se existem restrições legais de instalação sua adoção na escola (ou pelo Professor) pode ser dificultada. Se existem poucos canais de suporte, o professor real (com sua carga de trabalho hecúrlea) vai deixá-lo de lado. Se não existe uma comunidade ativa e vibrante de usuários para animá-lo diante das dificuldades iniciais sua adoção falhará...

    As políticas públicas de adoção de softwares livres em educação tem uma componente importante de indução de práticas mais éticas, empoderadoras e disruptivas na Escola. A escolha de paradigmas tecnológicos adequados (minimalismo tecnológico e tecnologias livres ou abertas) facilitarão, no dia-a-dia real da sala de aula, que as mudanças pelas quais a Escola urge passar possam ocorrer de modo mais efetivo e sistêmico.

    Diante dos pontos abordados acima eu estou convencido de que só a há dois motivos para que um gestor de sistema escolar, Escola ou ambiente educacional não opte por softwares livres como paradigma de TI:
    Ou ele é mal assessorado em TI;
    Ou está na folha de pagamento de quem vendeu a solução proprietária adotada... se é que vocês me entendem!

    Minha mini-lista de Softwares-Livres utilizados no dia-a-dia de minhas atividades docentes: Pmwiki - (software-livre de wiki) - Implementado aqui. B2evolution - Plataforma de Gerenciamento de Conteúdo. Implementado aqui;
    Wordpress - Motor de Blogue - Implementado aqui.
    Red Matrix - Plataforma de Identidade e comunicação descentralizada. Implementada aqui
    Ubuntu - Sistema Operacional Padrão nas minhas máquinas. Se você é partidiário do "mimimi": Ubuntu não é livre, leia isto aqui!
    LibreOffice - Pacote de escritório Padrão.
    Softwares Livres p/ Ensino de Física - Uma listinha desatualizada :-(
    SlEducacional - Comunidade de Educadores e Entusiastas do uso de Softwares Livres em Educação

    Obrigado!

    #Erbase2015 #eventos #Paineis

    Source: http://emrede.blog.br/tics/blog/software-livre-e-educacao/
  • #Cora

    2015-04-11T00:36:46Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Sou casca grossa p/ umas coisas e manteiga derretida p/ outras. Primeira poetisa que me arrancou lágrimas foi #Cora #Coralina http://psfl.in/1jr
  • #hackear

    2015-04-09T02:52:39Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

  • #hackear

    2015-04-09T02:52:37Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

  • #hackear

    2015-04-09T02:52:37Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

  • #hackear

    2015-04-09T02:52:37Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

  • #hackear

    2015-04-09T02:52:37Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

  • Chega de mimimis bobos

    2015-04-06T12:57:20Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    O texto fala do IPhone, mas o argumento serve p/ outros minimis bestas da direita e dos puritanos do software-livre: https://desmentindoreacionarios.wordpress.com/2014/01/15/a-esquerda-e-o-iphone/
  • 32 Lições

    2015-04-04T15:34:43Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    "Seja uma aliada, não uma Salvadora da Pátria. Saiba ouvir, apoiar e ter compaixão das pessoas; não tente “salvar” as pessoas. http://psfl.in/1jo
  • Live/ao vivo

    2015-04-04T13:40:41Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Manifestação p/ assassinato de criança de 10 anos pela PM http://us.twitcasting.tv/midianinja

    Arcee , Arcee shared this.

  • Ubuntu or not ubuntu

    2015-04-04T13:34:04Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Uma opinião sensata sobre o "mimimi" que paira sobre a distribuição #Ubuntu, via @Filipe Saraiva http://blog.filipesaraiva.info/?p=1506
  • #Parabéns

    2015-03-27T12:42:47Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    E o @twitter chega aos seus 9 aninhos de vida! http://sfl.pro.br/blogs/index.php/sergio-blog/twitter-9-anos
  • #Android

    2015-03-01T12:23:05Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Reproduzindo áudio do #Android no seu PC rodando #Ubuntu http://www.edivaldobrito.com.br/audio-do-android-no-pc/
  • Racismo

    2015-03-01T11:43:02Z via HUB Social do Sérgio F. Lima To: Public

    Brevíssimo curso básico de racismo para brasileiros https://jacksonsdejesus.wordpress.com/2015/01/26/sobre-o-racismo/