João Patrício jofazepa@identi.ca

Setúbal, Portugal

**não há espaço para a loucura** #livros, #filmes, #música, #aikido, #banda-desenhada, #jogos-de-mesa, #software-livre. #Respeito e #compaixão pelo mundo em que vivemos. Muitas vezes cheio de azedume, mas nunca sem #valores e #liberdade.

  • 2018-07-03T08:14:29Z via Identi.ca Web CC: Public

  • 2018-05-03T11:11:47Z via Identi.ca Web CC: Public

  • 2018-04-20T12:22:01Z via Identi.ca Web To: Public CC: Followers

    Someone always tries to excuse, regarding a subject, what's wrong because there is something good, and therefore it's a weight judgement. Does all people think that fighting for a decent life and humanity is based on a less evil approach?

    Based on a less evil approach than what?

    JanKusanagi at 2018-04-20T13:22:54Z

  • You have just met Danny Longo & The Hounds

    2018-03-23T14:36:00Z via Identi.ca Web To: Public CC: Followers


    Great 1st record from Danny Longo. Listen here

    About Danny Longo & The Hounds

    Deni “Danny” Longo was an Asian-American underground porn star in the late 70’s. Danny became notorious for his mob and gang connections, specially a local Miami gang called The Hounds. In the late 90’s Danny moved to Europe and decided to have a shot at a musical career and promptly named his rock band, “Danny Longo & The Hounds”. Danny died from syphilis related complications shortly after but the songs and legacy of the rock´n´roll genius of Danny Longo is being kept alive … Danny left us a repertoire of over 60 original songs and in 2012 a group of musicians decided to use the name of “Danny Longo & The Hounds” and keep on showing what rock’n’roll is all about!
    #rock #classicrock #music #rocknroll #indierock


  • 2018-03-21T09:12:24Z via Identi.ca Web To: Public CC: Followers

    Aardwolf Project for a Facebook-like social platform

    Aardwolf uses the same protocol as Mastodon, ActivityPub. #federation #freesoftware #socialnetworks #activitypub

    sazius likes this.

    is anyone NOT doing a facetwit-like thing?


    how about federation for traditional forums?


    or community events?






    things that can often be a lot more social in the REAL sense of the word.




    not sure why everyone is always so obsessed with who anyone knows








    Michael at 2018-04-02T15:59:13Z

  • 2018-03-21T08:53:44Z via Identi.ca Web CC: Public

  • 2018-03-21T06:37:02Z via AndStatus To: Public

    foi encontrada
    … esventrada nas escadas da Igreja. Nunca tinha sido visto nada semelhante naquele pacato bairro onde os bons costumes e a passividade reinavam, como se de uma condição física se tratasse.
    Primeiro pensaram que pudesse ser um assalto. Rondara por ali um estranho de aspecto duvidoso. Não lembrava ninguém que alguma vez tivessem visto. Gritaram: – “Foi ele com certeza, um estranho” mas, rapidamente se provou que não poderia ter sido. A vítima estava na posse de todos os seus pertences e o estranho tinha abandonado o bairro ainda a vítima estava viva, jantando, no seu pequeno apartamento a que chamava carinhosamente – pardieiro.
    As velhotas, que todo o dia à janela observam o burburinho pouco buliçoso daquelas ruas quase mortas, acreditavam que num crime passional. “Mas não conheciam à pequena qualquer relação, amante, amigo ou familiar” – refreou o padre. Não fazia qualquer sentido, e depois de muita argumentação o comissário ergueu a voz: “Podemos afirmar que não se tratou de um crime passional”.
    As horas passaram e a azafama era grande junto dos agentes da policia ali presentes, as discussões e argumentos fortes, até que um agente de base conseguiu desvendar todos os elementos básicos deste crime. Passou então a explicar:
    “Sabendo nós e toda a nação que não é capaz o Estado de realizar uma previsão sobre o estado das coisas, a economia e todas as outras artes divinatórias da ciência moderna não foram capazes de eficazmente prever o que todos sabiam, coube assim, ao estado recorrer a outros meios previsionais. Por conseguinte, a vítima é vítima do estado que a esventrou para, à luz da lua, ler nas suas entranhas, nas entranhas de um povo, o seu reles futuro. A vítima é no fundo uma vítima da circunstância.”
    As velhinhas suspiraram de alívio, o padre arfou um graças a Deus, a mulher do comissário abraçou o marido com um “vamos querido”, o comissário limpou os beiços e num tom vitorioso disse: – “Desvendei mais um crime”. O presidente da república, o primeiro ministro, as aias do primeiro ministro, o presidente da câmara e as suas damas de honra, todos aplaudiram, seguiu-se o povo, o povinho e as crianças tão lindas e inocentes. De um rasgo, o presidente afirma dirigindo-se ao comissário: “Este homem merece uma medalha de honra”, e os já mudos aplausos fizeram novamente ouvir-se.
    O pobre agente, agora completamente esquecido, olhava a vítima, lívida, nas escadas de rubro tingidas, as tripas luzindo à luz da lua. Pensou: “o que será o jantar?”

  • 2018-03-09T11:00:50Z via Identi.ca Web To: Public CC: Followers

    géneros

    É difícil encontrar quem discuta de uma forma livre de preconceitos e casuística o assunto da igualdade de género. Para muitos o mais difícil é discutir igualdade quando, na prática, falamos de coisas diferentes, ou seja, discutir igualdade quando culturalmente foram criados e cresceram numa sociedade amplamente desigual. A igualdade de género e de géneros é um assunto de momento, falam-se menos de outras igualdades como a igualdade de oportunidades à nascença para quem têm origens muito diferentes. Nesse campo a modernidade já fez questão de dizer que a culpa de quem não tem as mesmas oportunidades é dele e somente dele, que não soube vencer nem adoptar uma postura vencedora. No caso da igualdade de género o discurso é diferente, perdem-se mais a discutir os campos que as essências, de um lado feministas, do outro machistas ainda de outro humanistas. Discutir a igualdade de género não é mais do que afunilar uma discussão que é a da igualdade entre seres humanos, independentemente do género, da sexualidade, da etnia, da origem social, da beleza, da moda, etc. Discutir a igualdade de género é exigir aquilo que é óbvio, é uma questão de direitos humanos, que temos todos os mesmos direitos e direito a oportunidades e como tal merecemos todos igual tratamento e respeito. E se vivemos cada vez mais numa sociedade atenta à desigualdade, nomeadamente quando falamos de género, sexualidade, raça, perdemos um pouco a luta por uma sociedade que defenda a igualdade de oportunidades para aqueles que não nasceram em famílias com capacidade económica, educativa, cultural, ou mesmo longe dos grandes centros urbanos. A liberdade só é possível se olharmos para todos com os mesmos olhos e estendermos a mão independentemente da origem ou características de cada um. A sociedade moderna, as suas empresas, os seus governos, não facilitam, as escolas não ajudam, os bairros, a pobreza tudo luta contra a igualdade. E é o ciclo de pobreza que devemos combater, não só pobreza material mas também da pobreza de valores. Uma sociedade rica é uma sociedade que sabe respeitar a diferença mas também é solidária, e que grita contra a competição exagerada e promove a compaixão. Estou farto deste mundo onde não há igualdade nem respeito pelos géneros, sejam eles quais forem. Estou farto.
  • 2018-03-08T17:10:28Z via Identi.ca Web CC: Public

  • 2018-02-13T06:35:33Z via Identi.ca Web CC: Public

  • 2018-01-10T04:52:31Z via Identi.ca Web CC: Public

  • 2017-09-19T07:50:52Z via Identi.ca Web To: Public CC: Followers

    An open letter to the W3C Director, CEO, team and membership | Electronic Frontier Foundation

    maisun, Dana likes this.

    martinho, martinho, martinho, maisun and 4 others shared this.

  • Science Fiction by Ornette Coleman

    2017-03-20T15:25:45Z via Identi.ca Web To: Public CC: Followers

    Listening to Science Fiction by Ornette Coleman in it’s 2000 reissue The Complete Science Fiction Sessions. Wonderful and imaginative piece of work. With Don Cherry, Charlie Haden, and others.

    Dana likes this.

  • 2017-03-15T09:28:18Z via Identi.ca Web To: Public CC: Followers

    Comunidade no Reddit sobre RPG (de mesa) em Portugal. Vem trocar ideias e ajuda a dinamizar.
    https://www.reddit.com/r/PortugalRPG/

  • 2017-03-15T09:01:15Z via Identi.ca Web To: Public CC: Followers

    KDE announces the KDE Slimbook
    http://kde.slimbook.es/

    Here's hoping they sell a lot of those =)

    JanKusanagi at 2017-03-15T09:30:30Z

  • 2017-03-03T20:42:42Z via Identi.ca Web CC: Public

  • 2016-12-15T15:15:30Z via Identi.ca Web To: Public CC: Followers

    Tell your friends. Explain them the risks of using this and other proprietary software and SaaS and show them some alternatives (for exemple laverna.cc). http://lifehacker.com/evernote-employees-can-read-your-notes-and-theres-no-w-1790099958
    When some media tells this things it has a bigger impact on some minds...
  • 2016-12-14T10:17:35Z via Identi.ca Web CC: Public

  • 2016-07-26T10:57:53Z via AndStatus To: Public

    Waiting for the train...

    Dana likes this.

    Dana, Dana, Dana shared this.

    Were you waiting for it in the 1920's? xD

    JanKusanagi @i at 2016-07-26T12:14:21Z

    João Patrício likes this.

  • 2016-07-26T10:46:15Z via Identi.ca Web CC: Public